pneusPara sua própria segurança, é importante verificar seus pneus regularmente, pelo menos uma vez por mês. Procure sinais de dano ou desgaste; pressões inadequadas de enchimento, falta de alinhamento, balanceamento inadequado ou problemas na suspensão podem afetar o desempenho geral do seu pneu Pirelli, e colocar a sua segurança em risco. 

A calibragem correta é dada pelo manual do proprietário. As verificações de pressão, que devem incluir o pneu de reserva, devem ser feitas uma vez por semana. A pressão dos pneus deve ser checada quando os pneus estiverem frios – ou seja, após terem rodado no máximo 3 km.

A pressão deve ser no mínimo 0.3 bar (4,3 psi) maior do que a pressão mais alta recomendada no manual. O pneu deve ter a pressão reajustada quando for usado no carro. Para pneus ou rodas com aro diferentes dos originais do carro, consulte o fabricante do pneu.

Quando fazer o alinhamento?

– a cada 5000 km;

– a cada troca de pneus;

– quando os pneus estiverem apresentando desgaste excessivo na área do ombro;

– desgaste da banda de rodagem do pneu em forma de “escama”;

– trepidação das rodas dianteiras;

– vibração do carro;

– volante duro;

– o carro tende para os lados quando o motorista larga o volante;

– o carro desvia e puxa para o lado quando os freios são acionados.

Quando fazer o balanceamento?

– a cada 5000 km;

– a cada troca de pneus;

– por ocasião do rodízio;

– ao primeiro sinal de vibração ou desgaste irregular da banda de rodagem;

– após ter efetuado reparo no pneu ou na câmara de ar;

pneu1Quando devo trocar os pneus?

Os pneus tem indicadores de desgaste. Eles são indicados por um triângulo ou pela expressão TWI. Mas, em caso de dúvida procure uma autorizada do fabricante.

Troque também o pneu quando seus sulcos tiverem profundidade menor do que 1,6mm. Além de perigosos, pneus nessa situação são considerados irregulares pelo Contran e seu veículo pode ser apreendido.